61 3223.0240

Notícias

PORQUE COMUNICAÇÃO PRECISA É PRECISO

Saber perguntar, ouvir e reagir às respostas. Nas lideranças efetivas comunicar-se bem tem uma função central. No último ENAGECEF, ficou ainda mais evidente a necessidade de mantermos uma comunicação organizada e assertiva. É ela o principal instrumento de criação, consolidação e fortalecimento dos relacionamentos.

A atualidade nos expõe a permanentes transformações. Diariamente, surge uma novidade mudando tudo aquilo que já compreendíamos e até denominávamos como certo e definido. O poder de influência das redes sociais demanda uma leitura crítica desses novos cenários para não ficarmos à mercê, mas protagonizarmos a construção do nosso próprio futuro. O único meio é retornar à base da comunicação que nunca mudará: saber escutar, estabelecer conexão e conservar o diálogo acessível. O que se modifica no campo da comunicação são os espaços em que circula, onde os dispositivos de interação exigem estratégias totalmente novas àqueles que aceitam o desafio de liderar equipes e instituições.

Manter a consistência para a conservação do ambiente aberto de interação pede organização e agilidade na efetivação, inclusive, para realinhar conceitos, se necessário. Este desafio já está posto a nós, que precisamos e procuramos por este estreitamento de relações.

Vamos além! Não basta apenas a comunicação escrita, aquela que propagamos. É basal a presença de todos, a fim de interagirmos na mesma sinergia, a tal ponto que tenhamos a plena consciência de que somos todos um nessa união: FENAG, AGECEFs e Associados.

Inspirar engajamento não acontece de prontidão. Principalmente nos tempos de fake news, o que fortalece os relacionamentos é o comprometimento com a verdade. Assim, precisamos ter consciência de que precisamos ouvir, analisar e agir, pois as transformações nos demandam ação. Então, venham conosco!

É hora de multiplicarmos nossa PRESENÇA nos eventos que concernem às nossas bandeiras de luta, nos canais de comunicação, nos encontros promovidos pela Federação e Associações. Tanto a FENAG, quanto as AGECEFs têm trabalhado, incessantemente, para promover encontros que propiciem debates construtivos. Solidificamos ainda alianças benéficas com entidades parceiras que partilham de nossos ideais, estamos presentes em assembleias, seminários, audiências públicas, reuniões com parlamentares e autoridades. Isso é comprometimento.

O nosso trabalho não para por aqui. Estamos implementando soluções facilitadoras, que nos permitirão maior celeridade e uniformidade em nossas informações. Muito a ser feito e garra para realizar. Esse é o espírito! Contamos com cada um de vocês nesta importante fase.

FENAG prestigia posse de novos dirigentes da AGECEF/MT

Na noite do último sábado (13), o presidente da FENAG, Mairton Neves, esteve em Cuiabá, capital mato-grossense, onde prestigiou a posse dos nove novos membros da Diretoria Executiva e oito do Conselho Deliberativo da AGECEF/MT para a gestão 2019-2021, nomeados por chapa única com ampla maioria dos votos no pleito realizado em março. Em seu discurso, Mairton cumprimentou os eleitos, manifestou seus votos de muito sucesso na nova gestão e ressaltou a relevância do movimento associativo à classe gestora da CAIXA. O presidente empossado, Rudinei Marcelo Pletsch, e seu antecessor também discursaram sobre a importância da gestão participativa e convidaram os presentes a se engajarem e difundirem as ações da associação. O evento ainda contou com a participação de representantes da Superintendência Regional, da Apcef e do Sindicato dos Bancários. Confira aqui os novos diretores e conselheiros: https://bit.ly/2Dcw2TJ #FENAG #AGECEFMT #MovimentoGestor #CAIXA

NOTA PÚBLICA DA ANEAC EM 12.04.19

A #ANEAC emitiu uma nota pública referente à aprovação da #PEC61/2015, que exclui a atuação direta de engenheiros e arquitetos da CAIXA nas análises de projetos e monitoramentos físico-financeiros de obras públicas sob a alegação de burocracia e morosidade. “A #CAIXA cumpre determinações do #GovernoFederal, ministérios e órgãos de controle, para garantir a correta aplicação dos recursos públicos (...). A ANEAC identifica como transparência, conformidade, qualidade, segurança e controle (...) “Vemos o papel da CAIXA como a primeira linha de defesa no uso dos recursos públicos para a execução de obras, associado a Assistência Técnica aos entes públicos, sobretudo aos pequenos municípios cujos quadros técnicos necessitam de mais capacitação, pois dispõem de poucos recursos para suas atividades de engenharia e arquitetura. Leia o documento na íntegra. Clique aqui

FENAG apresenta alternativas à PEC 61/2015

Aprovada no Senado na última terça-feira (9), emenda tira da CAIXA o papel de mandatária, nosrepasses do OGU aos estados e munícipios

A FENAG, representada pelo Diretor de Representação Institucional, Marconi Apolo, esteve no Senado Federal, em Brasília/DF, na última terça-feira (09), juntamente com representantes da ANEAC e AUDICAIXA. A pauta, a PEC 61/2015, que altera o Artigo 166 da Constituição Federal, para autorizar a apresentação de emendas parlamentares individuais, diretamente ao Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal e ao Fundo de Participação dos Municípios, deixando a CAIXA de atuar como mandatária da União na transferência e fiscalização da aplicação desses recursos.

O trabalho das entidades, que se estendeu por todo o dia, consistiu na participação de reuniões, nos gabinetes de lideranças do Senado Federal, num esforço para a sensibilização dos parlamentares, quanto aos riscos que a transferência direta de tais recursos poderá trazer, não só para o Entes Federativos, mas à própria população, que é beneficiária final.

Os representantes das entidades se reuniram com os líderes do Bloco Parlamentar do PSDB, PODE e PSL, Liderança do PDT, com os Senadores Eduardo Girao (PODE/CE) e Weverton Rocha (PDT/MA), além da Liderança do Governo, em seus gabinetes, na tentativa de assegurar a permanência de parte dos fundos no modelo atual.

Segundo Marconi Apolo, o fim do repasse desses recursos pela CAIXA pode comprometer a qualidade da execução dos projetos, a adequada aplicação dos recursos e cumprimento de dispositivos legais de transparência pois, como sabemos, a maioria dos municípios não possui estrutura necessária ao monitoramento adequado desses processos.

Ainda segundo o Diretor, esse é o momento propício para rediscutir o processo que envolve tais transferência desses recursos, de forma a buscar soluções de desburocratização, melhoria de processos e redução de custos, de forma, de forma a garantir a manutenção da CAIXA como mandatária e diminuir a insatisfação dos gestores públicos com o modelo atual.

Do ponto de vista institucional, corre-se o risco de voltarmos à situação anterior com obras fantasmas e recursos públicos se esvaindo sem o devido controle, dificultando a apuração de responsabilidade dos agentes envolvidos.

Representantes de entidades de empregados da CAIXA, como ADVOCEF, ANEAC e FENAE, também se reunirão com lideranças do Senado para tratar do assunto.

A matéria foi incluída na Ordem do Dia às vésperas da XXII Marcha à Brasília Em Defesa dos Municípios, promovida pela Confederação Nacional de Municípios – CNM, que reuniu milhares de gestores municipais de todo o Brasil, no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB entre segunda-feira e ontem (de 8 a 11).

A PEC 61/2015, de autoria da Senadora Gleisi Hoffmann, foi aprovada ainda na terça feira (09), com votação em dois turnos, e já foi encaminhada à Câmara dos Deputados, onde tramita como PEC 48/2019.

Ação educacional Líder Do Futuro

Projeto Líder do Futuro

Presidente, boa tarde!

A Ação Educacional – Líder do Futuro já está pronta!

É hora de fazer acontecer!!!!!!!!!!

Já temos três turmas confirmadas!!!!

Dia 01/06 – AGECEF/RIO
Dia 08/06 – AGECEF/MS e AGECEF/PB
Agende a sua!!!!!!!

A AE – Líder do Futuro já está pronta!

Haverá o último tira-dúvidas com os Instrutores no próximo dia 16/04 através de vídeo link!

A sua AGECEF já pode montar as turmas, para isto, precisa agendar com os instrutores e avisar à Fenag! Sempre que possível, pedimos para encaixar as turmas na escala sugerida abaixo.

Relembrando: A Ação Educacional foi desenhada para ser aplicada em 8 horas, com turma de 50 treinandos, atuação em dupla dos instrutores aptos, a ser ministrada em um sábado e utiliza os mais diversos recursos disponíveis para facilitar a aprendizagem dos participantes.

O conteúdo da AE é baseado no Treinamento APG da Amana-Key, mas não há utilização direta de material da Amana, houve uma grande preocupação da coordenação em manter o nível do conteúdo, sem o risco de plágio na utilização dos recursos.

O Curso conta ainda com a participação Direta do Oscar Matomura, CEO da Amana-Key que gravou um vídeo especificamente para a Ação Educacional Líder do Futuro.

AÇÃO EDUCACIONAL LÍDER DO FUTURO
Cronograma de turmas 2019

Onda Mês Data AGECEF Instrutores (dois)
Maio 11

18
Junho 8

15
Julho 13

20
Agosto 10

17
Setembro 14

21
Outubro 12

19
Novembro 9

16

Quando houver negociação com a SR para fazer a Ação em data diferente da relacionada acima, informar antes a FENAG.

Os instrutores que ainda não estão aptos, mas que fizeram o APG, serão habilitados após a participação em uma turma como “OBSERVADOR”.

Equipe Coordenação
Projeto Líder do Futuro

Fale conosco

Por Favor Insira seu Nome
Entrada Inválida
Por favor inserir seu Email
Entrada Inválida
Por favor escreva sua mensagem
Entrada Inválida

Contato

SRTV/Sul Edifício Palácio do Rádio II Bloco II Sala 422 - Brasília - DF - 70340-902

61 3223 0240

secretaria-executiva@fenag.org.br

AGENDA DO PRESIDENTE
Assessoria de imprensa

Pesquisar