NOTÍCIAS

04
Jan

Assédio na Caixa: MPF conclui investigações

Ainda não há informação oficial se foi pedida a condenação do ex-presidente do banco, Pedro Guimarães, pois o processo corre sob segredo na Justiça.   

 

O MPF - Ministério Público Federal concluiu o inquérito acerca das denúncias de assédio sexual e moral feitas pelos empregados da Caixa contra o ex-presidente do banco público, Pedro Guimarães.

Até o fechamento desta matéria, ainda não se sabia sobre as medidas solicitadas pelo procurador do caso, Igor Nery Figueiredo, pois o processo corre sob sigilo absoluto, na 15ª Vara Criminal Federal do Distrito Federal, há um mês. 

Também não há confirmação do MPF se o ex-executivo foi alvo de acusação formal. Se sim, o juiz avaliará a denúncia e decidirá se o ex-presidente da Caixa deverá ser condenado criminalmente.

O Ministério Público do Trabalho já havia pedido, à Justiça Trabalhista, a condenação de Pedro Guimarães com multa de R$ 30,5 milhões por danos morais coletivos e da Caixa a pagar R$ 305 milhões por omissão, segundo o portal do MPT.


FENAG denunciou inúmeros casos em nove ofícios à Caixa

A FENAG move ação na Justiça em face do banco por assédio institucional após encaminhar nove ofícios à Presidência relatando as denúncias de assédio recebidas por gestores e apelando por providências imediatas de modo a preservar a integridade e a saúde mental dos empregados. Lideranças da Federação também se manifestaram na audiência pública na Câmara dos Deputados e concederam entrevistas a veículos de comunicação de circulação nacional sobre os casos.

Sensibilizada com o rápido crescimento de denúncias, a gravidade dos relatos e dos impactos na saúde dos empregados, a FENAG abriu canal próprio de denúncias sigilosas e encabeçou campanhas nacionais de combate e prevenção ao assédio. Hoje, acompanha as repercussões do caso na expectativa de apuração e punição rigorosas. 

Notícias Relacionadas

9º FÓRUM DOS PRESIDENTES DAS AGECEFs discute mudanças para uma nova CAIXA

Chapa 1 - Movimento pela Saúde - apoiada pela FENAG - é eleita com 71,14% dos votos para o Conselho de Usuários do Saúde Caixa.

FENAG abre agenda oficial de 2023

FENAG e entidades discutem futuro da CAIXA com a nova presidenta do banco, Rita Serrano

FENAG e AGECEFs prestigiam a posse de Rita Serrano nas celebrações dos 162 anos de existência da CAIXA

FALE CONOSCO

ENDEREÇO
SRTV/Sul Edifício Palácio do Rádio II Bloco II Sala 442 - Brasília - DF - 70340-902

TELEFONE
(61) 3223-0240

EMAIL
secretaria-executiva@fenag.org.br