NOTÍCIAS

24
Mai

Nota aos participantes da Funcef

Nota aos participantes da Funcef

 

Caixa cassa mandato de representantes eleitos nos Conselhos Deliberativo e Fiscal

 

As entidades representativas dos empregados da Caixa Econômica Federal subscrevem esta nota a fim de externar total repúdio em relação à postura da Caixa frente à cassação dos mandatos dos representantes eleitos nos Conselhos Deliberativos e Fiscal (CD e CF) da Fundação dos Economiários Federais (Funcef).

 

Tais ações causam graves consequências, visto que a Caixa promove uma gestão temerária na Fundação, pois rompe a paridade entre participantes e patrocinadora na composição dos Conselhos, o que fere frontalmente a Lei complementar 108/2001, que trouxe a garantia de uma participação minimamente paritária dos participantes nos fundos de pensão. A referida lei completará 20 anos no próximo dia 29 de maio.

 

Ao colocar em prática uma gestão temerária na Funcef, a Caixa está colocando em risco a governança da Fundação – terceiro maior fundo de pensão do país -, que administra mais de R$ 80 bilhões de patrimônio dos planos de benefícios, e possui mais de 140 mil participantes.

 

 É de extrema urgência esclarecer a gravidade da situação!

 

Em reunião do Conselho Deliberativo (CD), ocorrida no dia 11/05, representantes da patrocinadora decidiram encerrar os mandatos dos conselheiros eleitos para os Conselhos Deliberativo e Fiscal, com base em um questionável parecer jurídico, cuja área, vale esclarecer, é subordinada aos representantes da patrocinadora. Tais mandatos estavam sendo prorrogados pelo fato do processo eleitoral de 2020 estar sendo inviabilizado pelas constantes manobras autoritárias e antidemocráticas dos representantes da patrocinadora junto à Comissão Eleitoral e ao Conselho Deliberativo da Fundação.

 

Entendemos que a disputa deveria acontecer no campo democrático, no campo das ideias, como ocorre desde 2002, respeitando-se que quem define e elege seus representantes é o participante e não a Caixa, que quer impor seu inexistente direito de definir quem pode e quem não pode participar do pleito. Também vale lembrar que a Caixa quer impugnar a candidatura de todo participante que tem ação contra a Funcef (coletiva e/ou individual) alegando conflito de interesses. A Caixa terceirizou o passivo trabalhista para os participantes e agora usa do contencioso para impedir a participação dos mesmos no processo eleitoral.

 

Estas tentativas de violação do Estatuto da Funcef e dos direitos dos beneficiários e assistidos têm sido uma constante pelos representantes da Patrocinadora. O mesmo acontece com as tentativas de alteração do plano Não Saldado.

 

Em busca de soluções que atendessem às expectativas dos participantes, preservando o direito à participação de todos no processo eleitoral, bem como a manutenção da paridade nos Conselhos, as entidades promoveram reunião com o presidente do conselho deliberativo da FUNCEF em 17/05 que, após, encaminhou propostas tiradas na reunião, à análise e decisão dos conselheiros da patrocinadora e da área jurídica da Fundação.

Infelizmente, no dia 21/05 último, tivemos o retorno de que nenhuma das propostas seria aceita e estavam mantidas todas as disposições da reunião do Conselho Deliberativo (CD) do dia 11/05, mutilando o direito democrático de participação no processo eleitoral e destruindo a paridade de representação nos conselhos.

 

 

Sendo assim, denunciando os últimos movimentos acontecidos na Funcef, as entidades representativas que assinam este documento reafirmam o compromisso de defender a governança da Fundação. A tentativa, infrutífera, de conciliação feita em 17/05 é parte de um processo de resistência deflagrado pelas entidades representativas que terá sequência junto aos órgãos de controle da previdência complementar, nas esferas políticas e judiciais cabíveis. Por isso, conclamam todos os participantes a se unirem na defesa da Funcef, na defesa dos participantes, na gestão dos nossos recursos e por eleição já, com a ampla participação de todos.

 

 

Brasília, 22 de maio de 2021

Notícias Relacionadas

Moradia e Cidadania e FENAG iniciam seleção das propostas inscritas no Edital 001/2024

FENAG e AGECEFs participam de reunião com a FUNCEF sobre contencioso

NOTA PÚBLICA

Gerentes Gerais serão contabilizados para índice de Vendedores Habilitados apenas em caso de habilitação.

FENAG compõe mesa da 1ª Reunião da Mesa de Negociação Coletiva CAIXA/CONTEC

FALE CONOSCO

ENDEREÇO
SRTV/Sul Edifício Palácio do Rádio II Bloco II Sala 442 - Brasília - DF - 70340-902

TELEFONE
(61) 3223-0240

EMAIL
secretaria-executiva@fenag.org.br